Parabéns, Nolan!

31 07 2010

Há exatos 40 anos nascia em Londres Christopher Johnathan James Nolan, um dos cineastas mais importantes desta década de 2000. Como ele é um dos meus cineastas favoritos, vale a pena um post sobre a ainda curta carreira deste inglês, que tem feito grande sucesso com seus filmes de “fantasia realística” – termo que pensei para defini-lo.

Nolan se formou em Literatura Inglesa na University College London, e começou sua carreira como cineasta ainda na faculdade, fazendo curtas com bonecos, e depois passou para curtas com atores reais. O verdadeiro sucesso veio com “Amnésia”, de 2000.


Em Amnésia, Christopher Nolan conta a história de um homem que sofre com um grave problema de esquecimento, e tem sua mulher assassinada. Como sua amnésia é cíclica e constante, ele precisa fazer tatuagens de informações importantes, para que não seja ludibriado por pessoas que se aproveitem da sua condição. A graça do filme está no fato que, mesmo com estas tatuagens, ninguém é 100% confiável. Além disso, Nolan conta a história de maneira condizente com a condição do personagem principal (Leonard, interpretado muito bem por Guy Pearce): confusa. Os acontecimentos se passam de trás para frente, cronologicamente falando.

Depois de Amnésia, Nolan consegue chamar atenção de Hollywood, e consegue a direção da refilmagem “Insônia”, em 2002. O filme, que é um trailer psicológico de um policial de Nova York que acaba sendo transferido para o Alaska, em uma época do ano em que o sol não se põe. Ali, ele deve resolver uma série de assassinatos, enquanto tenta manter a sanidade, que se esvai a cada noite não dormida. Estrelado por dois nomes fortes [Al Pacino e Robin Williams], o filme não foi tão bem nas bilheterias. Porém, Nolan repete o bom trabalho realizado em Amnésia, ao apresentar uma narrativa muito bem amarrada e envolvente. A cada noite que Al Pacino tenta dormir e não consegue, os fatos se tornam ainda mais confusos, as reações mais lentas, e o assassino se aproxima ainda mais.

O trabalho de Nolan estava em uma clara evolução, mas ainda faltava um grande sucesso de público para consolidar seu nome em Hollywood. Então, veio Batman Begins, em 2005. Com uma enorme responsabilidade sobre seus ombros, Nolan aceita o desafio de fazer uma versão que agradasse aos tão exigentes fãs de quadrinhos ao redor do mundo.

Acertadamente, Nolan não evoca nem a fantasia dos filmes de Tim Burton, e tampouco os colantes e a escrotidão que foram os filmes do Joel Schumacher [lamentável]. Lá atrás citei o termo “fantasia realística”; pois bem, agora é hora de explicar: Nolan gosta de contar histórias fantasiosas, como em “O Grande Truque” e “A Origem”, por exemplo. Mas ao mesmo tempo em que suas tramas envolvem acontecimentos fora de nossa realidade, eles são apresentados de forma muito real. Nolan se utiliza do mínimo de efeitos especiais possíveis, pois tudo é cenograficamente pensado para ser o mais fiel ao nosso mundo.

Voltando a Batman, Nolan é extremamente bem-sucedido em recontar as origens do personagens, dando sua visão sombria e realista da história de Bruce Wayne. Repleto de aparatos tecnológicos reais, e explicações científicas de cada artefato, Nolan consegue seu primeiro sucesso de bilheteria e público. O filme rende US$ 205,3 milhões em todo o mundo, e recupera o respeito que o personagem da DC Comics tinha perdido nos anos 60 – há de se ressaltar que a série animada do começo dos anos 90, idealizada por Bruce Timm, recuperou parte desta imagem sombria do vigilante de Gotham.

*Correção: O nosso amigo, o Davi de Oliveira Pinheiro, me deu o toque: antes estava escrito que Nolan estava completando 30 anos; o correto é que ele fez 40 anos, ok?


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: