Dando o braço a torcer

26 11 2010

Pois bem, Aronofsky finalmente convenceu (sei que o Caraça vai ler isso pensando “eu te disse…”), e disse que seu Wolverine vai ser coisa subversiva! Basicamente, nosso querido Darren afirmou que pretende manter o tom de suas últimas obras, e não vai ceder às pressões de produtores e diretores (como aconteceu no ridículo Wolverine Origens). Estava cético quanto ao que veríamos em The Wolverine, mas talvez os elementos desta complexa equação estejam se alinhando de uma forma muito interessante: Jackman sabe que os fãs odiaram o primeiro filme, todo mundo odiou as modificações impostas pelos produtores, e Aronofsky está prometendo bater o pinto na mesa pra manter seu trabalho preservado.

Com esse bigode ele merece respeito

As filmagens só começam em abril do ano que vem, ainda tem muito tempo pra trechos do roteiro, rumores e tudo mais começarem a vazar, mas pelo menos dá pra começar a confiar nessa brincadeira… é, acho que o trauma passou.





Cada vez que vejo

26 11 2010

Me empolgo mais e mais com o que será Bravura Indômita dos irmãos Coen; só de ver Jeff Bridges como Rooster Cogburn os olhos brilham.





Space Jockey?

25 11 2010





Ele anda muito babaca

25 11 2010

Tudo bem, eu sei, todo mundo sabe: Mark Millar gosta de chamar atenção. Suas últimas HQs “autorais” fizeram muito sucesso, tanto por suas qualidades como roteirista, seja pelo estardalhaço que ele adora causar na mídia por qualquer coisa. Agora, vir a público pra dizer que aquela imagem de um possível crossover entre os personagens do Millarworld era meramente um “quadro de escritório”, porra, tá de brincadeira!

"Muito barulho por nada", parafraseando Shakespeare





Sobre a Rio Comicon

23 11 2010

O ótimo Universo HQ fez uma análise bem completa sobre a Rio Comicon, um evento que nós, brasileiros que gostamos de HQs, torcemos para que se solidifique, e continue trazendo grandes nomes internacionais do meio ao Brasil. Pra quem se interessou, o link é esse aqui.





Hands of Stone

23 11 2010

Essa é interessante: Gael García Bernal vai viver o boxeador Roberto “Manos de Piedra” Duran no filme Hands of Stone. A produção é encabeçada pelo diretor e roteirista Jonathan Jakubowicz, responsável pelo maior sucesso de bilheteria da história da Venezuela, Secuestro Express. Duran foi um boxeador que competiu profissionalmente por 34 anos – dos 16 aos 50 anos de idade -, e foi campeão mundial em quatro categorias diferentes; porém, sua carreira foi marcada por uma derrota em 1980 diante de Sugar Ray Leonard. Na luta, Duran desistiu ao término do oitavo assalto, clamando: “no más“. Depois de desistir, Duran (panamenho de origem) sofreu severas consequências em sua vida – como o cancelamento de comerciais por ele estrelados, por exemplo. Bem, me parece uma história interessante, e tem tudo para virar um bom filme…

Antes que me esqueça: segundo o Collider, Al Pacino estaria negociando o papel do treinador de Duran, o que adiciona um tempero ainda mais interessante à produção.





Uma bola dentro

23 11 2010

Isn’t that the whole point? Aren’t we all striving to be overpaid? (…) Apparently I’m living the American dream without even trying” [traduzindo: “Não é esse o ponto? Não estamos todos nos esforçando para sermos ‘pagos a mais’? Aparentemente estou vivendo o ‘sonho americano’ sem nem tentar”] – Will Ferrell

Mas você continua sendo sem graça

Pra quem não lembra, Will é o pior custo-benefício de Hollywood, segundo a Forbes.








%d bloggers like this: