Kick-Ass – O Filme

26 01 2011

Textinho rapidinho sobre um filme descompromissadinho: Kick-Ass – Quebrando Tudo, de 2010, é uma bela opção pra quem está afim de ver algo divertido. Mesmo com uns deslizes na adaptação – como esquecer completamente as relações problemáticas entre Dave Lizewski [Aaron Johnson] e seu pai, por exemplo -, Matthew Vaughn traz um filme repleto de violência (estilizada demais em muitos momentos, mas vá bem), piadas aguçadas e cenas legais – praticamente todas da dupla Hit-Girl e Big Daddy [Chloe Moretz e Nicolas Cage, respectivamente]. O “grosso” da HQ original de Mark Millar e John Romita Jr. está todo lá, e os fãs ardorosos da obra original devem se contentar. O filme tem boas ideias, e poderia ser muito melhor se tivesse um diretor à altura, pois as deficiências de Vaughn ficam evidentes em muitos pontos – como o sentimentalismo barato na parte final, etc. De qualquer modo, vale uma bela olhada descompromissada.

“Kick-Ass – Quebrando Tudo” – Bom


Ações

Information

3 responses

28 01 2011
Luiz Alexandre

Eu achei a adaptação bem redonda. Embora certas mudanças na história tenham suavizado parte do humor crudelíssimo da HQ (a origem do Big Daddy e a relação do Dave com a Kate), além das desgraças com o protagonista serem minoradas, no geral é um filme muito bom.

Verdade seja dita, o “overpower” dos personagens, em especial da Hit Girl, existe nas HQs, então achei que a maneira como a ação foi coreografada ficou de acordo.

Também não achei sentimentalóide o final do filme, o que pode se criticar foi que mudou o clima do fim da HQ, deixando muito hollywoodiano, mas achei que o Vaughn conseguiu fazer algo próprio sendo até bastante fiel ao material. É foda cara, acho que não tem jeito, o sujeito tem que fazer concessões diante de um projeto como esse. Afinal, ele foi independente pero no mucho, né?

28 01 2011
hqsubversiva

O problema pra mim é o Vaughn por si só: não estou falando que ele trabalhou mal, pelo contrário, mas que ele tem suas limitações. Há de se louvar que o filme seja tão violento quanto possível – todo mundo esperava uma coisa bem mais leve por ser adaptação -, mas eu achei que o final entoscou tudo – a coisa de tornar tudo hollywoodiano demais contribui pra isso… mas ainda assim consegue ser muito divertido!

30 01 2011
GOM

vi o flime depois de ler a HQ e achei bem fraquinho. o diretor fez concessões demais e a escolha do ator principal foi péssima. uma das coisas que me agradou no original foram as referências, dos próprios quadrinhos, de música e seriados de TV, nada disso está no filme. e a relação do protagonista com a mocinha foi totalmente alterada, pra pior. enfim, eu não recomendo assistir se você gostou da HQ.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: