Sabata

13 02 2011

A figura do forasteiro que chega para mudar as relações de força em determinada cidade é uma das mais recorrentes no western spaghetti. Como um dos ícones deste tipo de personagem, é impossível não nos recordarmos de Sabata, de 1969. Com um Lee Van Cleef em uma de suas atuações mas rememoradas e com direção de Gianfranco Parolini, o filme é um prato cheio para s fãs do spaghetti, com humor, tensão e ação na medida certa. A trama é repleta de reviravoltas e personagens cativantes, como os companheiros de Sabata – Carrincha [Ignazio Spalla] e Alley Cat [Aldo Canti] -, o bizarro vilão Stengel [Franco Ressel] e o enigmático Banjo [William Berger] – todos em busca de uma fortuna relacionada a um roubou de US$100 mil na cidade de Daugherty. Parolini mostra boas sacadas ao longo da obra, reforçando a imagem de Sabata como um pistoleiro inteligente e rápido no gatilho (com destaque para suas armas engenhosas, como o revólver que dispara pela coronha), e mostrando criatividade nos personagens coadjuvantes – o especialista em facas Carrincha, o acrobata Alley Cat, e Banjo, com sua Winchester disfarçada de instrumento musical. Com uma dose cavalar de ação e boas sequências de tiroteio – como a chegada de Sabata e o ataque à mansão – e uma grande trilha sonora – composta por Marcello Giombini -, Sabata é diversão garantida.

“Sabata” – Muito Bom


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: