Who the fuck is Stephen King?

2 03 2011

Carpenter sabe muito bem como fazer um ótimo filme de terror. Um dos meus favoritos dele é, com certeza, À Beira da Loucura, de 1994. Parte componente do que ele chama de “a trilogia do Apocalipse”, o filme homenageia autores renomados de obras de fantasia/terror, como seu amigo Stephen King, e o inesquecível H.P. Lovecraft, com uma história que envolve um Mal Inominável, insanidade e ceticismo. Sam Neill está muito bem no papel do protagonista John Trent, que deve investigar o sumiço do autor de best-sellers de terror Sutter Cane [Jurgen Prochnow], e acaba descobrindo que seus livros são reais. O processo de enlouquecimento de Trent e, depois, do resto da humanidade, é muito bem construído por meio de sequências perturbadoras, muita maquiagem, criaturas horripilantes mecanizadas e jogos de câmera. A sequência do looping temporal na fuga de Hobb’s End é daquelas que ficam na memória, tal qual o fim do filme. Pra quem quer saber como se faz um bom filme de terror, o grande John dá novamente uma boa lição.

“À Beira da Loucura” – Muito Bom


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: