The Fly

16 03 2011

Este foi o filme que, pra muitos, marcou a filmografia de David Cronenberg por muito tempo: A Mosca, de 1986. A obra é uma refilmagem de A mosca da Cabeça Branca, de 1958; é interessante notar que em uma das mais recentes entrevistas do cineasta canadense, Cronenberg afirmou que não tem a política de aceitar fazer remakes. Para nossa sorte, em 1986 David aceitou o desafio, e criou uma das obras mais nojentas, grotescas e interessantes da ficção científica. David conta com maestria a saga do inventor que se deixa seduzir pelas possibilidades de sua invenção. Há a egolatria, as possibilidades de entrar pra história, e as consequências dos seus atos. Além disso, é óbvio que há um puta trabalho de efeitos especiais da equipe de Chris Wallas, criando uma das coisas mais asquerosas do cinema nos últimos trinta anos. Pode-se dizer que os “sacrifícios” de Cronenberg e de Jeff Goldblum (que abdicou de cinco horas diárias para se transformar em Brundlefly) valeram a pena.

“A Mosca” – Muito Bom


Ações

Information

2 responses

16 03 2011
Marcelo

Mais um filmão do crona. Que baita diretor!

16 03 2011
hqsubversiva

O homem é foda! E diziam que o Canadá não exporta nada que preste… tsc tsc.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: