The Counselor

10 02 2012

Ótimas novas: Ridley Scott definiu que, depois de finalizar o tão aguardado Prometheus, irá dirigir o primeiro roteiro original voltado para o cinema do genial Cormac McCarthy. O filme se chamaria The Counselor e, segundo o Omelete, “a trama segue um advogado que é envolvido em uma negociação de drogas e termina lutando para sobreviver”. O diretor quer ninguém menos que Michael Fassbender pro papel principal. Seria um time pra lá de promissor, há de se convir.

McCarthy genial

Anúncios




Naquele pátio havia um certo número de coisas vivas

27 01 2012

“Ele encheu o tambor e enfiou uma bala e a ajustou no lugar com a alavanca articulada presa sob o cano. Depois que todas as câmaras estavam carregadas colocou os fulminantes e olhou em volta. Naquele pátio além de comerciantes e clientes havia um certo número de coisas vivas. A primeira delas sobre a qual Glanton deitou os olhos foi um gato que nesse preciso momento surgiu no topo de um muro do lado oposto tão silenciosamente quanto um pássaro pousando. O animal começou a caminhar entre os pontiagudos cacos de vidro encravados na alvenaria de barro. Glanton ergueu a arma imensa na mão e puxou o cão com o polegar. A explosão no silêncio absoluto foi imensa. O gato simplesmente desapareceu. Nada de sangue ou guinchos, apenas evaporou. Speyer olhou sem graça para os mexicanos. Estavam observando Glanton. Glanton voltou a puxar o cão com o polegar e apontou com a pistola. Um bando de galinhas que ciscavam na poeira seca no canto do pátio se agitou nervosamente, as cabeças em ângulos variados. A pistola rugiu e uma ave explodiu numa nuvem de penas. As outras começaram a correr emudecidas, os longos pescoços esticados. Ele fez fogo outra vez. Uma segunda ave rodopiuoi e caiu estrebuchando. As outras esvoaçaram, pipilando debilmente, e Glanton virou a pistola e atirou em uma pequena cabra parada com a garganta apoiada no muro de puro terror e o animal tombou morto na poeira e ele atirou em uma botelha de argila que explodiu numa chuva de cacos e água e ergueu a pistola e apontou na direção da casa e tocou o sino em sua torre de barro acima do telhado, um dobre solene que pairou no vazio após os ecos do tiro terem morrido.

Uma névoa de fumaça cinza pairava sobre o pátio. Glantou travou o cão em meio-gatilho e girou o tambor e voltou a baixar o cão. Uma mulher apareceu na porta de casa e um dos mexicanos disse algo e ela voltou a entrar.

Glanton olhou para Holden e depois olhou para Speyer. O judeu sorria nervosamente.

Elas não valem cinquenta dólares.”





Meridiano de Sangue

9 12 2011

“O reverendo interrompera por completo o sermão. Não se ouvia um som dentro da tenda. Todos fitavam o homem. Ele ajeitou o chapéu e então abriu caminho até o púlpito de engradado onde ficava o reverendo e ali fez meia-volta para se dirigir à congregação do reverendo. Seu rosto era sereno e estranhamente infantil. Tinha mãos pequenas. Estendeu-as.
Senhoras e senhores, sinto que é meu dever informá-los que o homem que conduz este culto é um impostor. Não possui quaisquer documentos de ciência teológica de nenhuma instituição reconhecida ou improvisada. Carece inteiramente da mínima capacitação ao ofício que usurpou e limitou-se a memorizar umas poucas passagens do bom livro com o propósito de emprestar a seus sermões fraudulentos algum débil sabor da devoção que despreza. Na verdade, o cavalheiro nesse instante diante de vocês fazendo-se passar por ministro do Senhor é não só totalmente analfabeto como também procurado pela lei nos estado do Tennesse, Kentucky, Mississipi e Arkansas.
Ai Deus, clamou o reverendo. Mentiras, mentiras! Começou a ler febrilmente de sua bíblia aberta.
Por uma variedade de acusações a mais recente das quais envolveu uma menina de onze anos – onze, repito – , que dele se aproximou em confiança e à qual o surpreenderam no ato de violar enquanto ainda trajado nas vestes de Deus.
Este é ele, gemeu o reverendo, choramingando. Este é ele. O diabo. Aqui está ele.
Vamos enforcar esse merda, exclamou um bruto repulsivo no meio do grupo, virando para os fundos.
Nem três semanas atrás fugiu correndo de Fort Smith Arkansas por manter intercurso com uma cabra. Isso mesmo, senhoras, foi o que eu disse. Uma cabra.
Quero ser um maldito de um cego se não vou atirar nesse filho da puta, disse um sujeito erguendo-se de um canto distante da tenda, e puxando uma pistola da bota fez mira e disparou.”








%d bloggers like this: