Tron Legacy

20 05 2011

Podem me crucificar, meus caros: achei Tron Legacy divertido. Pra explicar o porquê disso, vou tentar explicar um pouco mais do meu raciocínio. Talvez eu esteja completamente enganado, pois vi o original há uns sete, oito anos atrás, mas não era lá uma obra-prima; o visual de Tron entrou pra eternidade, não as atuações e o cacete a quatro. O objetivo deste novo Tron era, obviamente, homenagear o anterior e deixar todo mundo de queixos caídos com os efeitos especiais. Além disso, a ideia era fazer uma aventura com boas doses de ação e uma boa trilha sonora robótica. Joseph Kosinski pode não ser um Steven Spielberg do século XXI, mas ele não prejudicou em nada nas sequências de ação do filme. O casting escolhido pra viver estes personagens digitais não prejudica, e Jeff Bridges faz bem o papel de Kevin “Deus Caído” Flynn – Michael Sheen como o David Bowie do Grid também tem seus bons momentos. E, bem, pode ser privilégio meu, mas conferi o filme num DVD HD em uma TV HD: visualmente é de cair o queixo! Por mais que não seja completamente perfeita a “make-up” do Jeff Bridges rejuvenescido, aquilo merece palmas. Além de todos os contrastes, tudo luminoso, figurinos estilosos… assim, achei Tron Legacy um ótimo divertimento, sem grandes invencionismos no modo de ser filmado, com boas sequências de ação. Poderia render mais? Claro que poderia, o filme vai perdendo fôlego do meio até o fim, mas levando-se em conta todos os fatores, Tron Legacy ainda consegue ser divertidinho. Mas nada mais do que isso, claro.


Tron Legacy” – Bom








%d bloggers like this: