Brave

23 02 2012
Anúncios




La Luna – primeiro trecho

10 06 2011

Saiu o primeiro trecho do novo curta da Pixar: La Luna. A animação será exibida antes de Carros 2. Bem, só pelos trejeitos dos personagens, podemos esperar coisas bem interessantes disso, como na maioria dos casos envolvendo a Pixar… clique aqui para ver o clipe.





La Luna

6 05 2011

Lá vem coisa boa da Pixar mais uma vez?





O negócio é ter estilo

3 05 2011

Sendo um metrossexual de plástico, claro.





Hawaiian Vacation

27 02 2011

E quem disse que os brinquedos mais célebres do cinema se foram de vez?






Lasseter

12 01 2011

Feliz 54 anos; nós é que agradecemos!





A Maior de todas – com justiça

16 08 2010

O Omelete noticiou hoje um comunicado da Disney/Pixar sobre Toy Story 3: o filme é a maior animação de todos os tempos – financeiramente falando. O filme já conseguiu 940 milhões de dólares nas bilheterias de todo o mundo – o filme foi lançado em meados de junho. Além disso, é o segundo filme da empresa a passar a marca de US$ 400 milhões nas bilheterias norte-americanas – o primeiro filme a quebrar este recorde foi “Piratas do Caribe: O Baú da Morte”, com 423 milhões.

O reconhecimento financeiro coroa o trabalho marcante da Pixar, que revolucionou o cinema de animação, e deu novo gás ao gênero com a primeira parte da trilogia, em 1995. Com o filme a Pixar ganhou nome e fama pelo ótimo trabalho realizado, ao criar um filme marcante para toda uma geração de crianças que cresceu acompanhando as aventuras de Woody e Buzz Lightyear nos cinemas. Mas o que fica para a história não são apenas as mudanças e avanços técnicos alcançados pela empresa – que elevou o nível geral das animações concorrentes também -, mas suas ótimas ideias e argumentos. Com tramas à primeira vista infantis, a empresa consegue realizar filmes muito abrangentes, que satisfazem todos públicos – infantil, infanto-juvenil e adulto.

E Toy Story 3 é, com certeza, o mais grandioso feito da Pixar, depois de alcançar o maior patamar de qualidade do gênero. Depois de Wall-E e Up – Altas Aventuras, dois filmes artisticamente maravilhosos (não à toa Up foi indicado ao Oscar de Melhor Filme, com a academia reconhecendo o ótimo trabalho da Pixar), a empresa revisitou sua franquia mais famosa. Lançado 11 anos depois da segunda parte – Toy Story 2, de 1999 -, o filme tinha o desafio de concluir a história dos personagens mais icônicos da produtora, satisfazendo os fanáticos fãs de Toy Story, e ao mesmo tempo manter o nível alcançado com o passar dos anos.

Para quem ainda não viu o filme, posso garantir que a Pixar conseguiu: fez seu melhor filme. Fechando com chave de ouro a franquia, a empresa conta uma história que satisfaz todos os públicos, que aborda temas universais, como o abandono, a chegada à fase adulta de nossas vidas, a amizade, companheirismo e amor. Além disso o filme pôde contar com recursos tecnológicos de ponta, e fazer uma das animações mais bonitas da história.

Agora a última meta do filme é fazer mais US$60 milhões nas bilheterias mundiais, e alcançar a marca de US$1 bilhão ao redor do mundo, e entrar para o seleto hall de filmes que já somaram a quantia nas bilheterias. Woody, Buzz, Jessie, Sr. e Sra. Cabeça de Batatas e Andy merecem mais este reconhecimento.








%d bloggers like this: